A QUE VEIO ESTE BLOG?
VEIO PARA DIVULGAR PROJETOS NOS MAIS VARIADOS CONTEÚDOS, TEMAS, FORMAS, NECESSIDADES E AFINS, CLARO!
SINTA-SE A VONTADE PARA USUFRUIR DE TUDO QUE FOR ÚTIL PARA SUA AULA.
DIVULGUE, PARTICIPE, COMENTE!
04 DE JULHO DE 2011
Um blog aliado às pesquisas de professores, pois existem muitas possibilidades lúdicas pela net,
além de inúmeros endereços pedagógicos incríveis.
Aqui vocês terão as postagens originais, ou partes delas,
adicionados às demais informações necessárias, com os devidos créditos atribuídos.
Amiga blogueira, se desejar divulgar seus projetos, entre em contato.

PROJETO DIDÁTICO

PROJETO DIDÁTICO: Reunião de atividades que se articulam para a elaboração de um produto final forte, em que podem ser observados os processos de aprendizagem e os conteúdos aprendidos pelos alunos. Costuma partir de um desafio ou situação-problema. Trabalhados com uma frequência diária ou semanal, podem estender-se por períodos relativamente prolongados (um ou dois meses, por exemplo), tornando os alunos especialistas num determinado tema.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Projeto Cultivando leitores



  O mundo está carente de cuidados e precisa da ajuda de todos nós. E qual é uma das áreas importantes para preservar e cultivar? Sem dúvida, o hábito da leitura.
            É importante que as sementes sejam muito bem cuidadas e selecionadas.
Não se forma bons leitores s eles não têm um contato íntimo com textos. Há inúmeras maneiras de fazer isso. O importante é que o material escrito apresentado às crianças sem interessante e que desperte a curiosidade deles.
As disposições favoráveis à leitura manifestam-se adesão a práticas sociais próprias do universo da cultura escrita. Inserir-se nessas práticas sociais implica comportamentos, procedimentos e destrezas típicas de quem vive no mundo da leitura, partindo desses pressupostos que, os professores das séries iniciais da Escola Estadual Professora Dôra Barbosa juntamente a supervisão pedagógica percebendo a necessidade de “cultivar” o hábito de leitura entre os alunos apontaram como ação de intervenção do dia-a-dia o  trabalho sistemático com o ato de ler.
Atitudes como gostar de ler, interessar-se pela leitura e pelos livros são construídas para algumas pessoas no espaço familiar e em outras esferas de convivências em que a escrita circula. Mas, pra outros, é, sobretudo na escola que o gosto pode e deve ser incentivado. Para isso é importante que a criança, perceba a leitura como ato prazeroso e necessário tendo os adultos como modelo.
Neste projeto pretende-se resgatar o ato de ler daqueles envolvidos na construção do conhecimento escolar; professor, alunos, pais e equipe pedagógica, pois só com esse compromisso é que se chegará aos êxitos almejados.
Percebe-se que se trata de uma posição desafiadora, morosa e trabalhosa, uma vez que concorremos com meios de comunicação de alta tecnologia, atração e sedução. Lançar mão desses recursos poderá ser uma ferramenta aliada à construção do ato de ler.


OBJETIVO GERAL

J  Disponibilizar a cultura escrita de maneira atrativa construtiva para estimular o desenvolvimento do gosto e do hábito de ler;
J  Apropriar do ato de ler para construção da escrita;
J  Reconhecer o valor da língua falada e escrita como meio de informação e transmissão de culturas.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

J  Conhecer e apreciar várias histórias e textos de diversos autores nacionais e internacionais;
J  Promover momentos de leitura diariamente;
J  Apropriar do hábito de ler na construção da escrita em sala de aula;
J  Valorizar a leitura como fonte de fruição, estética e entretenimento;

METODOLOGIA

J  Aula expositiva dialogada e interativa;
J  Roda de leitura;
J  Dramatização;
J  Contação de histórias;
J  Empréstimo de livros;
J  Leitura oral e silenciosa pela professora e pelos alunos;
J  Histórias audiovisuais.
J  Escrita de fichas;
J  Produção de textos a partir da história explorada.

PROCEDIMENTOS

1.      Leitura deleite: o texto deve ser escolhido e preparado anteriormente. Pois trata-se de uma leitura prazerosa, então deve ser divertida e de fácil entendimento pelas crianças.
2.      Intervenção na Leitura: momento em que a Professora Eventual terá com os alunos que estão com dificuldades na leitura. Propondo textos simples para memorização dos sons das sílabas e textos maiores para os eu precisam adquirir fluência na leitura. Acontecerá todos os dias individualmente após o recreio, o aluno levará  o texto para casa para fixação da leitura.
3.      Empréstimos de Livros: Os livros deverão ser expostos para que as crianças possam escolher de acordo a sua preferência. O professor responsável deverá sugerir algumas histórias para as crianças que apresentam dúvidas e que não tem hábito de leitura. Os empréstimos acontecerão em dias alternados de acordo disponibilidade das professoras responsáveis.
4.      Contação de Histórias: Preparada com antecedência, a contação deve ser prazerosa e envolvente, com cantigas, movimentos e adereços.
5.      História audiovisual: Organizar as histórias e passar na TV ou data show. Para os alunos do 1º ano histórias mais curtas como fábulas e para os alunos do 2º ano histórias maiores como contos. Após apreciação do filme realizar atividade escrita realizada pela supervisão escolar.
6.      Apresentação do Projeto: Na reunião de pais cada professora deverá apresentar o projeto aos pais expondo a importância e objetivos, bem como a participação de todos. Neste dia é interessante que se conte uma história aos pais e entregue lembrancinhas referentes a história contada.
7.      História novela:  A partir de uma história maior divide-se capítulos que deverão ser contados com suspense todos os dias para os alunos, ou histórias auditivas.
8.      Visita a biblioteca da escola: Combinar com a bibliotecária da escola um momento de literatura na própria biblioteca da escola, para que os mesmos possam conhecer e desfrutar desse espaço tão importante da escola.
9.      Leitura coletiva: Ao receber os alunos todos devem se concentrar no pátio para audição de um texto feito pelos colegas no microfone.
10. Mala viajante: 1º  A professora apresenta o escritor a ser trabalhado naquele momento através de suas obras e biografia, em seguida conta-se uma história, explora e entrega um mimo que deve ser colado no caderno de leitura, após sorteia uma criança ser a próxima a conhecer outra obra do escritor, que leva o livro para casa para deleite com a família e retornar-se uma semana depois para a contação. Cada criança deverá trazer um mimo para seus colegas e professoras. A família que quiser pode participar desse momento na escola junto a criança.
11. Culminâcia : em aberto

AVALIAÇÃO

J  Observação do desempenho dos alunos em todo processo de leitura, inferência, interpretação e escrita;
J  Participação dos pais, alunos e professoras;


SUGESTÕES DE LEITURA:

J  Fábulas de Esopo
J  Fábulas de Monteiro Lobato
J  Fábulas populares
J  Pequenos contos populares
J  Autores:
1.      Ziraldo: Menino Maluquinho, O menino Marrom, Os dez amigos, Flicts, Juvenal
2.      Sylvia Orthof: Maria vai com as outras, Se as coisas fossem mães, Chora não! O sapato que miava.
3.      Ruth Rocha: Marcelo, Martelo, Marmelo; O reizinho mandão; A rua do Marcelo; A família do Marcelo; Quem tem medo do quê?
4.      Ana Maria achado: Menina Bonita do laço de fita; O menino Pedro e o seu boi voador; Dona Baratinha; Beijos mágicos; Beto, o carneiro; Palavras, palavrinhas, palavrões;
5.      Eva Furnari: Nós; Você troca; Não confunda Amigos do peito; Filó e Marieta; Bilico.
6.      Eliás José: Caixa mágica de surpresa; O amigão de todo mundo; Gente e mais gente; Bolo pra festa no céu
7.      Monteiro Lobato: Caçada de Pedrinho; Reinações de Narizinho; Memórias da Emília; histórias das invenções
8.      Enric Larreula: Todas as aventuras da Bruxa Onilda

J  Livros:
1.      A casa sonolenta;
2.      Marley
3.      Lila, e o segredo da chuva;
4.      Minha casa azul;
5.      Fugindo das garras do gato;
6.      Rápido como gafanhoto;
7.      Confusão no jardim;
8.      Bruxinha e Frederico;
9.      Que horas são;
10. Bom dia todas as cores;
11.  O menino que aprendeu a ver;
12. Toca de gente, casa de bicho;
13. Trava-língua, quebra queixo, rema-rema, remelexo;
14. A noite assombrada;
15. Falando pelos cotovelos;
16.  O valor de cada um;
17. Quase de verdade;
18. A margarida friorenta







Um comentário:

  1. Olá! Gosto muito de ver conteúdos diversificados nos blogues. Parabéns pelo trabalho!
    Aproveito para te convidar para conhecer a comunidade “Educadores na Web” que acabei de criar. A proposta da comunidade é ser um espaço para divulgação de conteúdos específicos da educação e um ponto de encontro para os educadores ativos na internet espalhados pelo Brasil. Conto com sua participação! Grande abraço! https://www.facebook.com/educadoresnaweb

    ResponderExcluir

Deixe um tema para projetos publicar!