A QUE VEIO ESTE BLOG?
VEIO PARA DIVULGAR PROJETOS NOS MAIS VARIADOS CONTEÚDOS, TEMAS, FORMAS, NECESSIDADES E AFINS, CLARO!
SINTA-SE A VONTADE PARA USUFRUIR DE TUDO QUE FOR ÚTIL PARA SUA AULA.
DIVULGUE, PARTICIPE, COMENTE!
04 DE JULHO DE 2011
Um blog aliado às pesquisas de professores, pois existem muitas possibilidades lúdicas pela net,
além de inúmeros endereços pedagógicos incríveis.
Aqui vocês terão as postagens originais, ou partes delas,
adicionados às demais informações necessárias, com os devidos créditos atribuídos.
Amiga blogueira, se desejar divulgar seus projetos, entre em contato.

PROJETO DIDÁTICO

PROJETO DIDÁTICO: Reunião de atividades que se articulam para a elaboração de um produto final forte, em que podem ser observados os processos de aprendizagem e os conteúdos aprendidos pelos alunos. Costuma partir de um desafio ou situação-problema. Trabalhados com uma frequência diária ou semanal, podem estender-se por períodos relativamente prolongados (um ou dois meses, por exemplo), tornando os alunos especialistas num determinado tema.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Projeto: A magia do circo




O circo está associado ao mundo real e imaginário.
Por este motivo trabalhar este projeto é proporcionar através de um aprendizado prazeroso, momentos e atividades relacionadas a arte circense, enfocando o convívio, o conhecimento e o respeito com o outro.
É uma prática com um alto valor sócio-cultural, traz consigo valores importantes para o ser humano, como a confiança, valores morais e educacionais fundamentais para a vida em comunidade e para o desenvolvimento pessoal e social.
Através do brincar podemos oportunizar estes valores.
O professor pode estimular um clima de exploração prazerosa das situações, fazendo que o trabalho pedagógico voltado para a formação de conceitos e a compreensão da relação entre eles tenha caráter lúdico. (SÃO PAULO, 1994, p. 22).
Este projeto visa utilizar diferentes linguagens (corporal, musical, plástica e oral), ajustadas as diferentes intenções e situações de comunicação de forma a compreender, expressando assim suas idéias, sentimentos, necessidades e desejos, avançando no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva.
Tem como base o brincar de forma lúdica e imaginária, incentivando a criatividade ao promover experiências significativas de aprendizagem.
 Através do brincar a criança estará desenvolvendo as áreas do conhecimento, além de estimular a curiosidade, a autoconfiança e a autonomia, pois os instrumentos a serem utilizados como suporte a ajudarão, seja no aspecto físico, social, intelectual ou emocional, proporcionando assim o seu desenvolvimento integral.
A ação na esfera imaginativa, numa situação imaginária, a criação de intenções voluntárias e a formação dos planos de vida real e motivações volitivas – tudo aparece no brinquedo, que se constitui, assim, no mais alto nível do desenvolvimento infantil.
PLANO COOPERATIVO
Em relação ao circo:
O que sabemos?
-É onde todos os palhaços fazem palhaçadas
-É onde os palhaços brincam
-É um lugar que tem homens que andam de moto
-É um lugar onde tem pessoas que rebolam e pulam no arco de fogo
-É onde tem palhaços que fazem brincadeiras
-Nunca fui no circo
-É onde os elefantes se equilibram em uma bola e os palhaços fazem palhaçadas e dão gargalhadas
-É onde tem palhaços que dão cambalhotas no ar
-É uma coisa para a gente assistir
-É o palhaço que faz piruetas
O que queremos aprender?
-Quem da comida para os animais?
-Como os palhaços dormem?
-Os palhaços tem o pé grande?
-O circo tem urso?
-O circo mora aqui?
-O circo tem criança?
-O palhaço dorme no circo?
-O circo fecha de dia?
-No circo tem escolas?
Para que aprender?
-Para saber de tudo
-Para não ficar burro
-Para contar para meus amigos
-Para saber
-Para contar para meu irmão
-Para eu ser inteligente
-Para contar para meu irmão
-Para ser inteligente
-Para mim saber
Como aprender?
-Olhando nos livros
-Conversando na rodinha
-Desenhando
-Pintando
-Com a professora
O que aprendemos?
-Que o palhaço é uma pessoa como a gente
-Que no circo não tem animais porque maltratam eles
-Que tem muitas pessoas trabalhando no circo e que cada uma faz uma coisa diferente
-Como é o nosso corpo
-Algumas letras do nosso nome
-Onde moram os animais e o que eles comem
-Que devemos ser amigos dos animais e das pessoas
OBJETIVO GERAL
Desenvolver nas crianças o gosto pela diversidade considerando os valores atribuídos a elas, mergulhando no mundo da imaginação e fantasia, oportunizando a expressão de sua criatividade e participação através de diferentes atividades, respeitando-as em seus diferentes níveis e levando-as a descobrir que o indivíduo está presente em todas as comunidades, relacionando-se com outros seres e com o ambiente em que vive.
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
Conhecer a história do circo, e sua comunidade, valorizando a arte circense.
Empregar atitudes da cooperação e respeito pelo outro, mantendo a harmonia do grupo.
Interessar-se por atividades envolvendo arte,
música e poesia, manifestando diferentes percepções.

Ampliar gradativamente as possibilidades de comunicação e expressão, familiarizando a criança através da literatura infantil e outros portadores de texto e da vivência de diversas situações, desenvolvendo a sensibilidade, afetividade e criatividade.

Desenvolver a socialização e a integração em grupos, favorecendo a ampliação da criatividade e da cooperação mútua.
Classificar e seriar objetos a partir de jogos matemáticos e outros materiais desenvolvendo o raciocínio lógico matemático.
Explorar as possibilidades expressivas do próprio movimento, utilizando gestos diversos e o ritmo corporal nas suas brincadeiras, danças, jogos, dramatizações e demais situações de interação.
Desenvolver a coordenação motora ampla nas atividades recreativas promovendo atitudes de confiança.
Aprimorar a coordenação motora fina executando atividades diversas.
Identificar os personagens do circo e suas funções, compreendendo a cultura circense.
Explorar com sucatas, personagens do circo, estimulando o desenvolvimento da criatividade, da imaginação e da fantasia, possibilitando a criança pensar e agir.
Analisar a existência de diferentes espécies na natureza, conscientizando-se da necessidade de respeito e cuidado com os animais.
Demonstrar equilíbrio e lateralidade deslocando-se no espaço físico da escola ao andar,correr, pular, entre outros
Incentivar a participação em jogos simbólicos, utilizando-se de diversos objetos para vivenciar o lúdico.
Reconhecer e identificar o processo de codificação através de atividades diversas com o alfabeto, bem como a exploração deste.
CONTEÚDOS (ÁREA DO CONHECIMENTO)
Identidade e Autonomia:
•Trabalhar sentimentos
•Jogos cooperativos
•Registro das Regras
•Respeito pelo próximo
•Corpo humano
•Mímica
Natureza e sociedade:
•Através da expressão oral das histórias, exploração das diversas espécies de animais.
•Classificação dos animais
•Habitat natural dos animais
•Alimentação
•Temas transversais: ética, solidariedade, cooperação, respeito pelo proximo.
Movimento:
•Expressão corporal (dramatização, dança)
•Coordenação motora ampla
•Lateralidade
•Equilíbrio
Música:
•Ritmo
•Melodia
•Sons
•Canto
Artes visuais:
•Cor
•Forma
•Linhas
•Pontos
•Coordenação motora fina
•Textura e exploração de materiais diversos
Linguagem Oral e Escrita:
•Nomes (reforço na escrita do próprio nome);
•Historias: seqüências, personagens, enredo, memória.
•Exploração das histórias através da linguagem oral;
Matemática:
•Números/quantificação
Leitura de gráficos
•Formas Geométricas
•Classificação, seriação.
PROCEDIMENTOS:
•Manuseio e leitura de livros de histórias infantis
•desenho
•Construção com sucatas
•jogos
•Sessão de filme
•Construção de painéis
•Dramatização
•Brincadeira dirigida
•Atividades de relaxamento
•Confecção de fantoches
•Confecção de massinha de modelar
•Produção de textos coletivos
•Releitura de obra de arte



Avaliação:
O desempenho
 do aluno será acompanhado no decorrer das atividades.
A avaliação se dará através da observação constante da professora e pelo registro dos processos de aprendizagem dos alunos. No final do projeto será organizado um portifólio com as atividades propostas no decorrer do mesmo e escolhidas pelo aluno.

De acordo com Bassedas, Huguet e Solè (1999, p. 185):

[...] a avaliação não somente deve ser feita em relação aos alunos, mas também em relação ao ensino que apresentamos e ao tipo de intervenção e de atividades propostas na aula. [...] O importante é que possamos proceder a uma análise da nossa prática, elemento indispensável para torna-la mais coerente e fundamentada.
Por tanto a avaliação será contínua e progressiva, por meio de diversos instrumentos e da vivência de cada um com os conteúdos abordados.

http://bancodeatividades.blogspot.com.br/2011/03/educacao-infantil-projeto-magia-do.ht


Glitter Photos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um tema para projetos publicar!