A QUE VEIO ESTE BLOG?
VEIO PARA DIVULGAR PROJETOS NOS MAIS VARIADOS CONTEÚDOS, TEMAS, FORMAS, NECESSIDADES E AFINS, CLARO!
SINTA-SE A VONTADE PARA USUFRUIR DE TUDO QUE FOR ÚTIL PARA SUA AULA.
DIVULGUE, PARTICIPE, COMENTE!
04 DE JULHO DE 2011
Um blog aliado às pesquisas de professores, pois existem muitas possibilidades lúdicas pela net,
além de inúmeros endereços pedagógicos incríveis.
Aqui vocês terão as postagens originais, ou partes delas,
adicionados às demais informações necessárias, com os devidos créditos atribuídos.
Amiga blogueira, se desejar divulgar seus projetos, entre em contato.

PROJETO DIDÁTICO

PROJETO DIDÁTICO: Reunião de atividades que se articulam para a elaboração de um produto final forte, em que podem ser observados os processos de aprendizagem e os conteúdos aprendidos pelos alunos. Costuma partir de um desafio ou situação-problema. Trabalhados com uma frequência diária ou semanal, podem estender-se por períodos relativamente prolongados (um ou dois meses, por exemplo), tornando os alunos especialistas num determinado tema.

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Projeto A arca dos animais

A Arca dos animais que conheço ...e será que tem mais?

Justificativa
 O projeto surgiu da necessidade de se criar uma consciência de preservação dos animais, não só daqueles que estão prestes a extinguir-se, mas também daqueles que nos cercam os quais estão diretamente ligados a nossa sobrevivência.
 O tema do projeto desperta o interesse natural das crianças desta faixa etária que, em geral, contam com várias informações relativas a ele. Os animais têm uma importante presença em seu mundo cotidiano (desenhos animados, histórias, jogos) e, além disso, possuem um importante caráter de identificação de suas vivências pessoais e sociais. Este estudo facilitará a correlação entre diversos animais e destes com seu ambiente que serão aprofundadas e ampliadas.
 Com este projeto queremos comparar o que um animal faz e que podemos transmitir para a criança também fazer, pois, sabe-se que a criança aprende primeiro quando a ensinamos e quando começa a dar seus primeiros passos sozinhas é através da imitação, a fase a qual se encontra nesse momento.
 Acredita-se que através deste trabalho podemos trabalhar com a criança muitas situações de faz de conta e depois trazê-las a realidade. Pois tudo começa através do faz-de-conta.
 Segundo o REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA EDUCAÇÃO INFANTIL, (1998: 31):

O professor pode propiciar situações para que as crianças imitem ações que representam diferentes pessoas, personagens ou animais, reproduzindo ambientes como casinha, trem, posto de gasolina, fazenda etc.
 O trabalho sobre animais trabalha muitas situações do cotidiano, como, por exemplo, alimentações, como nos conduzem e podem conduzir os animais, ou seja meios de transporte, noção de quantidade pelas características que os bichinhos nos demonstram, até mesmo situações de geografia, então o projeto é totalmente interdisciplinar, ou seja, trabalhará muitas situações em que a criança ainda poderá viver. Estaremos relacionando o projeto com situações e atividades que envolvam também a matemática, linguagem oral e escrita, coordenação motora ampla e fina, ou seja, o cronograma anual do jardim "A" está incluído neste trabalho também.

A construção deste conhecimento também é uma das condições necessárias para que as crianças possam, aos poucos, desenvolver atitudes de respeito e preservação à vida e ao meio ambiente, bem como atitudes relacionadas à saúde. (Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil - Vol. 3, 1998).
 Ao pensar a função pedagógica, nasce o pressuposto de um trabalho que toma a vivência e os conhecimentos prévios da criança como ponto de partida e os amplia, no intuito de levá-la à construção de novos conhecimentos.
 Ampliar dentro desse contexto significa valorizar suas descobertas e incentivar sua espontaneidade e criatividade.
 Abraçar a proposta de uma Educação que privilegia a criança desta forma é um desafio e ao mesmo tempo um privilégio.
 E foi pensando nesta responsabilidade que escolhemos o tema "animais" para trabalhar com as crianças do jardim A neste semestre.

Muitos são os temas pelos quais as crianças se interessam: pequenos animais, bichos de jardim, dinossauros, tempestades, tubarões, castelos, heróis, festas da cidade, programas de TV, noticias da atualidade, historias de outros tempos etc. as vivências sociais, as histórias, os modos de vida, os lugares e o mundo natural são para as crianças parte de todo integrado.(Referencial Curricular para a Educação Infantil: Conhecimento de Mundo. Brasília, MEC/SEF, 1998, v.3, p. 163).

Não é à toa que muitos livros infantis, e filmes elegem os mais variados bichinhos como personagens principais.
 As crianças nutrem um verdadeiro fascínio pelos animais, que na perspectiva delas, são tão irresistíveis como os seus brinquedos, mas com atrativos a mais: são seres vivos, demonstram raiva ou afetividade e possuem algumas necessidades semelhantes às dos homens (comer e beber,por exemplo).
 O estudo dos animais traz associações concretas entre o ser humano, a natureza e o mundo animal. À criança é oferecida a oportunidade de sair do conceito "eu" para conhecer o outro.
 A associação do tema "animais" com as várias áreas do conhecimento permite ao educando aprender sobre si mesmo e sobre o meio ambiente, sobre cidadania e a responsabilidade que temos para com nosso planeta.
 "... a criança é sempre mais capaz de compreender e fazer na ação do que de expressar verbalmente e conscientemente os princípios nos quais se baseiam suas ações..." (Piaget, 1997).

Objetivo geral
 Despertar na criança um senso crítico sobre a natureza e seus cuidados, bem como, conhecer o mundo animal a fim de defendê-lo e saber discernir o certo do errado quando falamos de natureza e sua preservação.

Objetivos específicos
 Conhecer os diversos animais apontando para sua diversidade (locais onde vivem, sua alimentação, seus hábitos e outras peculiaridades relativas a cada espécie);
Definir de diversos animais suas principais características;
Estimular na criança, o interesse durante as atividades e descobertas feitas por meio de situações concretas no meio escolar;
Reconhecer que os animais são seres vivos;
Estabelecer as diferenças existentes entre os animais domésticos e selvagens;
Instigar na criança o cuidar dos animais sabendo dessa importância para o seu bem estar cotidiano.

Conteúdos conceituais
 Comparação de diversos tipos de animais através da observação;
Reconhecimento do alimento necessário ou preferido de vários animais;
Estudo sobre como vivem os animais;
Pesquisa a história de cada animal do interesse do grupo.

Conteúdos procedimentais

Classificação de diferentes animais pelas suas características (Diferenças e semelhanças);
Reconhecimento dos animais em extinção e/ou não;
Comparação de diversos animais, através da observação, pesquisa e estudos feitos no dia-a-dia;
Identificação: Domésticos e selvagens, úteis e nocivos, aquáticos, terrestres e aéreos, reprodução e habitat dos animais;
Seleção de alguns tipos de animais para pesquisa;
Utilização de diferentes fontes de informação e relacioná-las;
Resolução de atividades diversas baseando-se no que aprendeu sendo capaz de experimentar, construir, observar e se expressar;
Reprodução oral, comparação de silabas de animais e seus nomes;
Relatos de experiências de vida pessoal;
Aprimoramento da linguagem oral.

Conteúdos atitudinais
 Preocupação com a preservação da natureza;
Socialização das informações que os alunos possuem sobre o tema;
Que a criança valorize todo e qualquer animal sendo ele aparentemente mais ou menos importante;
Reconhecimento por parte da criança de que alguns animais estão em perigo e se interessem em preservá-lo transmitindo o que aprenderam para a sociedade;
Desenvolvimento de habilidades de saber lidar com determinados animais;
Que a criança reconheça que no mundo animal também se obedecem regras e hierarquias;
Que a criança seja um transmissor de conhecimento e também de consciência.

Operacionalização
 Elaboração de cartazes, álbuns, painéis, bonecos;
Classificação de animais;
Desenvolver atividades lúdicas;
Desenvolver atividades matemáticas;
Montar jogos, tabelas e gráficos;
Comparar pesos e medidas;
Formular questões pertinentes que apontem para a caracterização de determinado animal;
Contar histórias para o grupo mostrando gravuras de determinados animais;
Construções individuais, em grupos, e em duplas que possam transmitir espírito de grupo, novas amizades;
Exploração do saco surpresa;
Construção de atividades tridimensionais;
Vídeos e atividades do gênero demonstrando curiosidades sobre o objeto de estudo.

Avaliação
 Esta se dará através do processo de envolvimento da criança, seu interesse e a manifestação de idéias e atitudes no decorrer do projeto e posteriormente em situações e eventos do gênero. A criança aprende brincando e brinca aprendendo, respeitando seu tempo e suas idéias, você as leva ao mundo fantástico do descobrimento e ao mesmo tempo à compreensão das situações de aprendizagem.

 Referências bibliográficas
 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil: Formação Pessoal e social. Volume 3. Brasília: MEC, 1998.
 SEBER, Maria da Gloria. Piaget: O diálogo com a criança e o desenvolvimento do raciocínio. São Paulo: Scipione, 1997.
 
Professoras:
Ângela Cristina Bittelbrunn Kikunaga
Josi Meurer Esser
Lediane Coutinho



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um tema para projetos publicar!