A QUE VEIO ESTE BLOG?
VEIO PARA DIVULGAR PROJETOS NOS MAIS VARIADOS CONTEÚDOS, TEMAS, FORMAS, NECESSIDADES E AFINS, CLARO!
SINTA-SE A VONTADE PARA USUFRUIR DE TUDO QUE FOR ÚTIL PARA SUA AULA.
DIVULGUE, PARTICIPE, COMENTE!
04 DE JULHO DE 2011
Um blog aliado às pesquisas de professores, pois existem muitas possibilidades lúdicas pela net,
além de inúmeros endereços pedagógicos incríveis.
Aqui vocês terão as postagens originais, ou partes delas,
adicionados às demais informações necessárias, com os devidos créditos atribuídos.
Amiga blogueira, se desejar divulgar seus projetos, entre em contato.

PROJETO DIDÁTICO

PROJETO DIDÁTICO: Reunião de atividades que se articulam para a elaboração de um produto final forte, em que podem ser observados os processos de aprendizagem e os conteúdos aprendidos pelos alunos. Costuma partir de um desafio ou situação-problema. Trabalhados com uma frequência diária ou semanal, podem estender-se por períodos relativamente prolongados (um ou dois meses, por exemplo), tornando os alunos especialistas num determinado tema.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Projeto Brincando com rimas

 Brincando com rimas, parlendas e adivinhações, acabamos mexendo com algumas emoções!

Escola de Ensino Fundamental Crescer – Educação Infantil.
Título do Projeto: Brincando com rimas, parlendas e adivinhações, acabamos mexendo com algumas emoções!
TEMA: Rimas, Parlendas e Adivinhações.
JUSTIFICATIVA:
A criança possui uma imensa necessidade de externar aquilo que sente, seus agrados, desagrados, suas descobertas e conquistas; expressar seus desejos, encantamentos e, sobretudo “aprender” as coisas ao seu redor (significações) através da poesia.
Neste sentido, em virtude do interesse e motivação do grupo do Jardim A pela literatura, principalmente, quanto aos jogos de palavras que são muito usados em poesias (textos) infantis é que o projeto “Brincando com rimas, parlendas e adivinhações, acabamos mexendo com algumas emoções” terá seu alicerce.
O projeto será realizado, a partir da audição, análise e interpretação de textos (poemas) que brincam com as palavras de um modo gostoso e prazeroso de a criança ouvir e ler. Quando mencionamos a capacidade de leitura, referimos-nos ao processo de motivação ao ato de ler e escrever, às hipóteses que envolvem esse aprendizado e às habilidades fonológicas que contribuem para a alfabetização. Isso não significa exigir da criança que se alfabetize no Jardim A, mas sim que desenvolva, efetivamente, competências, para que essa aprendizagem, progressivamente, solidifique-se.
Muitos são os textos infantis que lidam com toda uma ludicidade verbal, sonora, que cativa, atrai e desperta, na criança, a imaginação e a criatividade. Trabalhar com esse mundo encantado da literatura visa não só ao gosto por ouvir, contar e ler histórias, mas ao conhecimento de mundo que estão contidos em cada texto: os conceitos, o conhecido e o desconhecido.
Como o próprio nome do projeto diz, as rimas - recursos poéticos -, parlendas e adivinhações estarão presentes no cotidiano das nossas aulas.
As rimas, segundo Abramovich (1989, p.72):
As parlendas e adivinhas destacam-se pelo seu conteúdo imagístico, em que a imaginação é induzida a trabalhar criativamente, reorganizando registros de vivências perceptuais (BORDINI, 1991).
De acordo com Bordini (1991, p.27) a parlenda:
A poesia fala, sobretudo, de emoções, sentimentos vividos e provocados. Na nossa literatura infantil, inúmeras narrativas contadas, sob a forma de versos, encantam as crianças.
A adivinha também mexe com o universo infantil, já que se propõe como decifração de um enigma.
Como existe uma variedade enorme de parlendas, adivinhas e quadrinhas rimadas, serão selecionados alguns textos para serem explorados com o grupo, como por exemplo “Duas dúzias de coisinhas à-toa que deixam a gente feliz”, “Outras duas dúzias de coisinhas à-toa que deixam a gente feliz” (Otávio Roth), “O Batalhão das letras” (Mário Quintana), “O Grilo Grilado” (Elias José), “Não confunda”, “Você troca?” (Eva Furnari). Também serão trabalhados os textos trazidos por cada criança para estruturação de nosso momento poético (varal da poesia).
Por fim, com esse projeto, acreditamos manter, estimular, justificar, enaltecer a curiosidade, criatividade, atitude questionadora e de descoberta, a valorização e encantamento de cada criança da turma do Jardim A.
QUESTÕES PROBLEMATIZADORAS:
 O que é rima? O que é parlenda? O que é adivinha?
 Que características a rima, a parlenda e a adivinha possuem?
 O que há de diferente e / ou semelhante entre rima, parlenda e adivinha?
 Qual a importância do registro escrito?
 Como compor textos que contemplem os gêneros literários estudados?
OBJETIVO GERAL:
Reconhecer rimas, parlendas e adivinhações desperta a consciência fonológica e o interesse pela leitura e escrita.
CONTEÚDOS PRIORITÁRIOS:
Valorização da leitura como fonte de prazer e entretenimento.
Ampliação de vocabulário.
Estrutura de textos: rimas, parlendas e adivinhas.
Narração, reprodução e criação de textos (individuais e coletivos).
Prática de escrita espontânea.
Interpretação de histórias.
Segmentação de palavras.
Relação som (fonema) e letra.
Afetividade (Atitudes de colaboração, interação e relação).
Construção e cumprimento de regras básicas de convivência.
Criação plástica.
Adição e subtração de elementos (contagem).
Classificação de atributos (cor, tamanho, forma, textura, espessura).
Seriação (noção de antecessor e sucessor).
Comparação de escritas numéricas.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
 Professor:
Promover a leitura de histórias, que contemplem diferentes gêneros literários.
Estimular a linguagem verbal e escrita.
Favorecer a ampliação do vocabulário.
 Alunos:
Ampliar a capacidade lingüística.
Criar rimas, parlendas e adivinhações.
Realizar a releitura de textos diversos, através de atividades dinâmicas.
Perceber, ao pronunciar algumas palavras, as semelhanças dos sons emitidos.
Criar histórias rimadas através de gravuras.
Participar da elaboração de jogos como dominó, memória, etc.
Identificar elementos que antecedem ou sucedem um número.
Brincar com as palavras rimadas de um texto e descobrir novas possibilidades de relações entre as palavras.
Compreender e identificar as características da rima, da parlenda e da adivinha.
Conceituar rima, parlenda e adivinha.
Realizar tentativas de escrita espontânea e copiada.
Reconhecer as letras que formam o alfabeto e fazer associações silábicas.
Conhecer um pouco da história da escrita.
Conhecer os sinais de adição e subtração e realizar contas entre unidades.
Colaborar e interagir nas tarefas cotidianas.
PROGRAMAÇÃO:
Prazo: Data de Início
Data de Término ________________
ESTRATÉGIAS DE TRABALHO:
1. Releitura de histórias;
2. Gravando os sons;
3. Pesquisa;
4. Caixa surpresa;
5. Criação de livros;
6. Livro coletivo;
7. Álbum coletivo;
8. Jogos: dominó, bate-bate, encaixe;
9. Jogos lógico-matemáticos;
10. Gráficos;
11. Modelagem;
12. Culinária;
13. Amigo Secreto de Cartões;
BIBLIOGRAFIAS:
ABRAMOVICH, Fanny. Literatura Infantil: Gostosuras e Bobices. Ed. Scipione, 1989.
BORDINI, Maria da Glória. Poesia Infantil. Ed.Ática, 1991.
ROTH, Otávio. Duas dúzias de coisinhas à-toa que deixam a gente feliz, Ed. Ática, 2004.
ROTH, Otávio. Outras duas dúzias de coisinhas à-toa que deixam a gente feliz, Ed. Ática, 2003.
FURNARI, Eva. Não confunda, Ed. Moderna, 2002.
FURNARI, Eva. Você troca?, Ed. Moderna, 2002.
QUINTANA, Mário. O Batalhão das Letras, Ed. Globo, 1996.
PINTO, Gerusa Rodrigues. LIMA, Regina Célia Villaça. O dia-a-dia do Professor, Ed. FAPI.



http://prisciladecoracao.blogspot.com.br/2010/04/projetos-pedagogicos.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um tema para projetos publicar!